NFS-e São Gonçalo (RJ): Prefeitura no combate à sonegação

A partir do dia 1º de março de 2012, os prestadores de serviços de São Gonçalo terão que emitir a Nota Fiscal de Serviços eletrônica (NFS-e) aos clientes, de acordo com determinação do executivo municipal publicada no Diário Oficial do último dia 26/12.

A cidade passa, dessa forma, a adotar o mesmo sistema de rigor ao combate à sonegação de Impostos Sobre Serviço (ISS) já utilizado em municípios como São Paulo e Rio de Janeiro.

O ISS representa cerca de 60% de arrecadação da prefeitura, superando o mais conhecido dos impostos, o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Este ano, o executivo fecha o caixa com faturamento de R$ 56 milhões em faturamento de imposto sobre serviço.

A Nota Fiscal de Serviços eletrônica (NFS-e) permite que a prefeitura tome conhecimento do momento e da quantidade do que foi comprado, já que o sistema é interligado ao da Secretaria municipal de Fazenda, além de fazer do cidadão um agente de fiscalização, no momento em que ele terá o direito de solicitar a nota ao prestador de serviço e se cadastrar no site do município, tendo, assim, a possibilidade de concorrer a um prêmio de R$ 2 mil por mês.

Fonte: O São Gonçalo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s